quinta-feira, 3 de setembro de 2009


Assim eu vejo a vida

A vida tem duas faces:

Positiva e negativa

O passado foi duro mas deixou o seu legado

Saber viver é a grande sabedoria

Que eu possa dignificar

Minha condição de mulher,

Aceitar suas limitações

E me fazer pedra de segurança dos valores que vão desmoronando.

Nasci em tempos rudes

Aceitei contradições, lutas e pedras como lições de vida e delas me sirvo

Aprendi a viver.

Um comentário:

uirapuru disse...

É um poema de Cora Coralina que no auge da idade conseguiu publicar seus livros e pssar pra nós que as pessoas da terceira idade sentem sim porque desejos muitos desejos, mulher intensa...

Me faltam as palavras para descrever o quão é go stoso cultivar as flores.