quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Fernando...

Segue o Teu Destino

Segue o teu destino, 
Rega as tuas plantas, 
Ama as tuas rosas. 
O resto é a sombra 
De árvores alheias. 

A realidade 
Sempre é mais ou menos 
Do que nos queremos. 
Só nós somos sempre 
Iguais a nós-próprios. 

Suave é viver só. 
Grande e nobre é sempre 
Viver simplesmente. 
Deixa a dor nas aras 

Como ex-voto aos deuses. 

Vê de longe a vida. 
Nunca a interrogues. 
Ela nada pode 
Dizer-te. A resposta 
Está além dos deuses. 

Mas serenamente 
Imita o Olimpo 
No teu coração. 
Os deuses são deuses 
Porque não se pensam. 

Ricardo Reis, in "Odes" 
Heterónimo de Fernando Pessoa 

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Amor não se pede,  não se implora. 
Se senti, apenas!

O amor é vago, incessante e ego excêntrico
Não tem piedade em sua livre escolha

Causa danos, tsunamis e  terremotos
O amor é o amor e nada mais...

Nem tudo faço que é certo
Nem tudo que vejo é correto
Nem tudo que faço é perfeito
Nem tudo que me cerca é honesto
Nem tudo que será um dia foi...

É preciso arrancar as máscaras!

domingo, 25 de outubro de 2015

sábado, 24 de outubro de 2015

Fazer parte da vida...

Sempre achei que amor e dedicação bastariam, me enganei.
Nunca serão o bastante, irão querer mais e melhor de mim enquanto eu viver.
Felizmente comunico a quem acredita que eu sou ingenua, me desculpe mas parto para uma vida sem fantasias.
Vivo apenas o momento, cumpri todas as minhas fases.
 Estou no lucro faz tempo.


O RIO E O OCEANO

Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme
de medo.
Olha para trás, para toda a jornada,os cumes, as montanhas,
o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos
povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar
nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.Voltar é impossível na existência. Você
pode apenas ir em frente.
O rio precisa se arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entra no oceano é que o medo
desaparece.
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de
desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento e por outro lado é
renascimento.
Assim somos nós.
Só podemos ir em frente e arriscar.
Coragem !! Avance firme e torne-se Oceano!!!

Osho

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

"Pequenina" O Dia Em Que Nos Conhecemos!

Eu estava ansiosa em conhecê-la, ver a nova filha do meu amigo.
Ao chegar pude ouvir a sua voizinha. Todos ao redor felizes pela chegada da pequenina criança.
Eu a imaginava bem diferente, com olhos altivos e sorriso contagiante.
Agora eu sei porque se apaixonou por ela... Porque mais que todos ela precisa do seu amor.
Esperei o momento certo para pedir a mãe que me deixasse vê-la.
A recém mamãezinha a trouxe nos braços sorrindo e nos apresentou dizendo quem é essa moça?
Ela com seu olhar triste e profundo respondeu...
Ela é a minha mãe! Sem hesitar nem por um segundo.
A mãe de fato logo a corrigiu dizendo que eu era uma amiga do papai e falou meu nome para ela.
Sentada onde eu estava, fiquei com lágrimas nos olhos e tudo que eu pensava sobre ela se revertei em amor e muito carinho. Ela é linda, sua alma é pura e seu corãozinho me deu a maior demonstração de amor que alguém poderia me dar. 
Não! Meu amor eu não sou sua mãe, mas você terá um papai maravilhoso que fará de tudo por você.
Ana Laura você é muito especial, cresça muito feliz anjinho!

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Idade...

Eu não me recordo quando plantei essa árvore. Só sei que faz uns bons anos.
Meus filhos ainda brincavam na rua nessa época.
Tempos bons aqueles.
Hoje ela me oferece sua sombra e sua beleza para me alegrar ao sair de casa.
As árvores sim deveriam ser consideradas santas, verdadeiras divindades reais.

Pro dia nascer feliz!

Sou eu quem faço as cores do meu dia.
O brilho intenso das luzes a minha volta.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Passageiros De Algum Trem

Muitas vezes a vida é como uma viagem de trem,
Compra-se o bilhete, embarca se na estação e segue viagem.
Lá encontra se todo tipo de pessoas, cores e idiomas.
Umas chegamos a conhecer, outras não.
Depois de um tempo de viagem, vendo quase sempre a mesma paisagem...
Dormimos ou conversamos, para aqueles que sabem aproveitar o tempo, ler é sempre uma ótima opção. 
E ainda há aqueles cujos os corações saem na esperança de encontrar o grande amor no trem, tenta e por vezes consegue.
Ninguém nota aquela pessoa pálida sentada à janela, a não ser pelo seu semblante triste, alguns ainda tem certa humanidade e se importam, outros não estão nem ai. 
E o trem segue seu destino.
Nova parada, descem os apaixonados apressados para  quem sabe o começo de uma linda história de amor.
Sobem mais passageiros, e nesse frenético ritmo de zap e zap as vidas mudam e se transformam. Opiniões se chocam e coincidem a todo o instante.
Dentre essas pessoas todas cá estou, quieta, sorridente e autista. Apenas mais uma mulher na faixa dos quarenta, negra e consciente de meu valor.
A moça pálida se levanta, agora todos olham pra ela. Jovem ainda, mas com traços simples e sofridos, olhos no fundo, olheiras e mãos magras. Todos são pura indignação, ela desce devagar os degraus do trem, talvez seja sua última viagem. E ninguém se comoveu em falar com ela, tocar e ajuda-la.
Com olhares vagos todos nós vemos ela sumir na multidão, poucos se indagam onde ela irá.
O trem segue e em minha cabeça repasso várias vezes aquela imagem.
Poderia ser eu, poderia ser qualquer um de nós.
Para muitos a última parada pode estar bem mais próxima do que imaginamos e para outros a viagem ser bem longa e vazia.
O que importa é todos nós embarcamos e somos Passageiros de Algum Trem!

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Se eu pudesse descrever as cores do arco iris, aquele infinito de cores sem fim.
A emoção do nascer do sol e o seu se pôr nas tardes frescas de inesgotáveis surpresas.
Notar o brilho no olhar de uma criança inocente, frágil e inquieta.
Ter a emoção de tomar o primeiro banho de chuva, depois de um dia inteiro de aulas.
Quem nunca beijou escondido, lambeu a panela de doce de abóbora e se sujou na lama do quintal brincando de bola.
Não sabe e nunca saberá o que é viver de verdade.

Sinta sua pulsação...

Libertação! Esse é o nome da felicidade...

Bom dia!

domingo, 18 de outubro de 2015

Nem todos os mistérios serão solucionados e 
Nem tudo na vida tem uma razão de ser.
Me bastam os dias
As horas 
E os minutos.
Segundos de pura intensidade, valem o risco!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Me pediram para que eu escreva um livro de memórias.
Mas o que eu escreveria? A verdade, a realidade ou a fantasia? 
Não sei, quem sabe um pouco de tudo para dar graça a memória. Se bem que me puxando as recordações de infância houveram muitos episódios cômicos. Mas em sua grande maioria foram etapas tristes de uma criança que se criou praticamente sozinha.
Acho que não escreverei nunca minhas memórias, pois para isso eu teria que dizer tudo o que aconteceu. Eu ainda não estou preparada para uma aventura perigosa dessas.
Há muitos espaços vazios e rasuras de infância que prefiro não relembrar. Mexer no passado, desenterrar meus mortos e caminhar com as almas.
Meus amigos me desculpem, eu honestamente não quero mexer no meu pretérito imperfeito.
Jamais escreverei minhas memórias...
As levarei comigo para a lápide.

Valores reais

A vida é bela acredito, mas tenho que fazer melhor que muitos para alcançar o sucesso.
Tenho consciência que nada se consegue facilmente e nem por acaso, é preciso força, coragem e determinação para se chegar ao topo.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Enfileirados

Sou a seiva da humanidade, consisto de vida e gero outras. Não se trata de querer ou não querer. Homem ou mulher, tratasse de desejo.
Esse não se consegue esconder.
Um rei se deitaria com uma escrava se por ela sentisse desejo.
Eis a grande diferença, isso não tem nada haver com amor.
São vontades da carne.

Busco dentro de mim a força necessária para continuar.

terça-feira, 13 de outubro de 2015


É chegado o momento de tomar minhas decisões e acreditar que elas serão o melhor para mim. 




Zumba!




Aula experimental de Zumba.
Nossa! Achei que não ia aguentar, mas é muito bom, adorei.
As pessoas só acreditam no que querem acreditar e só veem o que querem ver, o resto não importa. Cada um acredita no que acha certo, de acordo com o que lhe é ensinado.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Ao cair da noite...
Eu escuto meus pensamentos.


 Imagem belíssima da crença popular, hoje comemora-se o seu "Nossa Senhora de Aparecida"! 

E juntamente o "Dia das Crianças" que pra mim são todos os dias.
Uma ótima semana pra todos nós... 




domingo, 11 de outubro de 2015

Caminhada!




 Saída da caminhada de 12 km pela avenida, subidas e descidas de bom humor e alto astral. Duas horas em boa companhia. Um ótimo passeio de domingão antecipando o feriado. 
Que venha a segundona na academia...

Boa noite!

Sermos "Um"!





Nunca me esqueço que a vida é uma roda, o que não é, manhã pode vir a ser!






Eu tenho a espontaneidade de cada amanhecer,
Posso sentir a leveza e a força das águas no curso de um rio
A elegância no bater das asas de um pássaro...
Sinto na alma a persistência de uma formiga
O canto libertador da cigarra,
Embora eu viva feito a Seriema, caminho lentamente pelos campos
Observando tudo, em busca de algo que não sei ao certo se perdi!



sábado, 10 de outubro de 2015

Sempre haverá uma curva, uma ponta, um sinal, uma parada brusca e um final...






Chuvas...
Que levam tudo que há de ruim,
Trazendo esperança e fertilidade aos campos e aos corações.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Eu prefiro plantar flores, ao invés de semear espinhos.


A vida é repleta de surpresas, muitas delas boas, na maioria das vezes.
Sou uma mulher extremamente sensível e me magoou com facilidade, mas felizmente nos últimos tempos só tenho tido motivos de muitas alegrias.
Um ótimo finalzinho de sexta, beijos! 



quinta-feira, 8 de outubro de 2015


Sempre fui muito precavida desde a infância, aprendi cedo que dinheiro é algo com que se deve ter cuidado. Em tempos complicados como este que passamos agora em nosso país, é preciso usar o bom senso. 
Pra mim crise só existe para quem não gosta de trabalhar, pode notar que pessoas ocupadas não perdem tempo discutindo sobre crise financeira, procuram soluções. 


Nas peculiaridades da vida tudo fica meio implícito é preciso traquejo para acompanhar toda essa evolução e não ficar para trás.

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Parem de cortar nossas árvores, as reservas gritam em desespero e as florestas já não aguentam mais tantos invasores.
O calor irá matar a todos nós, será que vocês não percebem isso.

Ser Real

Se torne cada dia mais culta, bonita.
Trabalhe, conquiste seus sonhos e viaje, conheça novos lugares e pessoas,
Cultive algo de bom dentro de você, ajude quem precisa,
Seja humilde, honesta e acima de tudo aventureira,
Se conhecendo mais e melhor e se adaptando dignamente as mudanças!
Não sinta vergonha de querer ser feliz, tente, lute e conquiste seus sonhos...

Boa Tarde
                                                                                          Gheni Elizabety


Procuro produzir o máximo que posso, sempre. Dou o melhor de mim. Essa é a forma que encontro de afirmação. Ontem meu pai me criticou dizendo que procuro trabalho onde não tem, olhei a minha volta a casa toda suja. Refleti por um tempo e respondi:
- Faço enquanto posso, porque quando não mais puder, deixarei de fazer.
Ele concordou comigo, trabalhou por 65 anos seguidos, carregava sacos de 85 quilos em um braço só, hoje descansa em um sofá a maior parte do dia. E eu lhe disse então:
-Você deu o seu melhor, agora deixe-me fazer o meu...


terça-feira, 6 de outubro de 2015




A perfeição não existe, devemos evoluir de acordo com o tempo,
Ontem fui uma, hoje outra e amanhã quem sabe, só a essência continuará intacta. Porque no restante até meu corpo mudou bastante. Os anos passam e transformam tudo, inclusive as pessoas.


No meio do nada há qualidades e defeitos e por outro lado expectativas e realidades.

Conversar é bom, se entender também.
Frequentar a academia todas as manhãs já virou uma rotina saudável na minha vida. Levantar cedo comigo é moleza, o único problema são nos dias de chuva, aí não tem jeito é esperar a chuva passar e dar um treino em outro horário. 
De manhã me sinto bem mais disposta, por isso aproveito o tempo para fazer tudinho. 
À tarde já com uma certa folga nos horários faço o que não tem tanta urgência. 
Bem é isso aí, vamos nos exercitar para conquistar cada dia mais saúde, porque perfeição essa já mais difícil kkkkk. 

Bom dia gente bonita, beijão!


segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Noite fresquinha, uma camisola de renda branca, uma taça de vinho tinto e um bom filme pra começar a semana...

Valorizar a vida " Eu estou com elas, Outubro Rosa" 

Somos todas guerreiras!

domingo, 4 de outubro de 2015

Nem tudo que desejo me é possível, eu tento por desencargo de consciência apenas. 




Tarde De Domingo

O sorriso de uma criança e seu cão de estimação, brincando juntos na pracinha em frente a casa. Vida pacata do interior, momentos únicos de felicidade.

Nossa forma tecnológica de amar, um recurso disponível que uso sempre que sinto saudade.
Ah! Meu amor, quanta saudade desse seu jeito simples de me olhar, das suas críticas kkkk, é eu também gosto delas, apesar de discordar quase sempre. Você é bem mais forte que eu, suporta a distância, eu não sou passional, adoro um contato visual e carnal, fazer oque? Somos dois apaixonados num mundo onde nosso amor é incompreendido, veremos logo que depois de nós muitos virão, com certeza.
Queria tanto estar com você nesse momento, amor! Embaixo de uma árvore só te ouvindo e te olhando, e em outro lugar decorado com motivos country, seria bom demais... Não me repreenda, você sabe que sou saidinha...
Domingo fresquinho, já fiz um montão de coisas hoje, dei um jeito no jardim da minha casa. Gosto de cultivar as plantas e mexer com a terra, isso me faz muito feliz. Adoro minhas flores, embora sejam poucas, as formigas picadeiras gostam de rosas e comeram a maioria delas. Bom, agora vou pra segunda etapa, preparar um almoço bem gostoso e fazer um bolo que hoje é domingo, beijos pra todos e até mais tarde.



sábado, 3 de outubro de 2015

Esse meu jeito sereno e quieto de ser, queria ser mais festeira, brava, bagunceira e falar palavrão de vez em quando. Mas não consigo, queria ser diferente, pelo menos um pouquinho.
Eu gosto de motos, mas acho que nunca sairia sozinha por essas estradas não...





Lentamente ela segue seu caminho, caçando insetos e pequenos roedores.
Não há muitos lugares, restam poucos.
Logo as teremos em nossos quintais.

Me faltam as palavras para descrever o quão é go stoso cultivar as flores.