domingo, 30 de agosto de 2015



Cavalos são lindos, quero aprender a cavalgar. Sempre ha tempo, ver os campos, nadar nua na cachoeira e ser mulher só isso.

sábado, 29 de agosto de 2015

Chegará o dia em que não precisarei refazer meu caminho nem reescrever nossa história.
Ou não quem sabe...


não preciso que me mostre a porta da saída, eu a conheço muito bem.

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Somos o que desejamos ser...
Mas ás vezes as coisas fogem de controle e ai só nos resta encarar de frente.
É o que tenho feito.


quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Nunca haverá nada, não queremos, fingimos querer, para mostrar que podemos passar o sinal vermelho.
Seremos multados, com certeza, multa cara, acrescida de juros e multa duplicada, 
uma da prefeitura e outra do estado. 
Eu não tenho dinheiro, mas você tem. Então cuidado, eu não tenho nada a perder.


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Eu sempre andei só, mas sinto que não estou mais sozinha... minha sombra me acompanha!

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Chuvas!!!!

...enfim as chuvas vieram, trazendo vida aos campos, limpando e trazendo consigo a umidade tão esperada.
Estou até respirando melhor, o clima mudou muito de uns tempos pra cá. Muito calor, poucas chuvas, menos pastos e mais cultivo de cana de açúcar. Faz um tempão que não passo por uma reserva ambiental, provavelmente acho que por aqui por perto grande concentração de arvores só mesmo na Serra de Botucatu. Não há conscientização sobre o reflorestamento que abranja todo o território nacional, deveríamos começar pelas nossas cidades e bairros. Em um pequeno espaço podemos  plantar muitas espécies de arvores próprias para praças e calçadas. Infelizmente ainda existem pessoas que não gostam de ver folhas ao chão, alegando não ter disponibilidade de limpar, tudo isso é tão insignificante perto dos benefícios que elas trazem, purificando o ar, refrescando o ambiente e suas sombras que servem de abrigo. Sem contar os inúmeros animais que se servem delas como abrigo e fonte de alimentação. É uma pena que nossas autoridades se preocupem mais em  atacar uns aos outros do que agir em prol do bem comum. Nossas principais fontes de existência estão se acabando e ninguém faz nada, provavelmente até ser tarde demais. Mas eu não perco as esperanças, assim feito eu devem existir muitas pessoas preocupadas com o meio ambiente. E ainda bem que chuvas vieram  e estão molhando tudo!


Bom dia Pessoal, bjusss!

 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015



Nas manhãs nascem as lindas flores e noite as mais lindas estrelas. 
Noite, lua
Manhã, sol
A lua e o sol são amantes...
Chega um momento em que se levantar é a melhor saída...
Não digo que será fácil, mas impossível também não é,
Por de lado meus medos  e rever meus conceitos.



sábado, 22 de agosto de 2015

Quando se tem consciência é que se sofre...
Os inconsequentes são mais felizes que nós.

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Amanhecer na Roça!

Não gosto de barulho, prefiro o silêncio. A ausência de som me inspira e acalma, posso respirar profundamente e refletir.
Meditar, transcender e vasculhar minhas inúmeras gavetas d`alma
Saio de casa à procura de paz nas estradas de terra batida e mato seco.
Prefiro os sons da natureza, inevitavelmente.
O silêncio diz muito e inspirada nele quase sempre encontro minhas respostas. 




quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Poema de Fernando Pessoa

Tenho tanto sentimento                                             

Tenho tanto sentimento

Que é frequente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Amanhã poderia amanhecer chovendo.
Uma chuva bem forte, que lavasse toda essa poeira para longe, deixando tudo verde novamente.
As árvores voltando as suas cores originais, o céu limpo e cintilante. 
Os pássaros felizes cantando nos postes. 
O frescor tomando tudo, arejando e umedecendo esse ar seco. 
Quase não houveram chuvas esse ano, embora precisasse e muito. 
O sono vem chegando devagar, melhor ir dormir e quem sabe despertar com o som da chuva  chegando.

Melhor ler poemas de Fernando Pessoa



























O Amor

O AMOR, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente...
Cala: parece esquecer...

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar, 
E se um olhar lhe bastasse
P'ra saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...


Você...
Sempre você, 
a dizer a última palavra.

Cora Doce Cora!


                                            Todas as Vidas





Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.
Benze quebranto.
Bota feitiço…
Ogum. Orixá.
Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo…
Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d’água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.
Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.
Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.
Vive dentro de mim
a mulher do povo.
Bem proletária.
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.
Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.
Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha…
tão desprezada,
tão murmurada…
Fingindo ser alegre
seu triste fado.
Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida –
a vida mera
das obscuras!

Cora Coralina









segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Desterro...




Cansei de falar 
O passado não me importa
Quero um futuro, que eu construirei
Novos rumos, desejos diferentes
Outras perspectivas 
Velhos hábitos, costumes mesmos
Essa minha ex imaginação provinciana
O mundo é grande, inúmeras possibilidades e várias visões
Sou muito mais que tudo isso
E vou mostrar... 

"Pai & Mãe eu tenho meu valor." 
Sempre tive vocês que nunca enxergaram.



Lembranças somente as boas, ruins deixo-as passar.
desejo espaço, ar, paz e dinheiro...
conhecer Bonito!

domingo, 16 de agosto de 2015

Foto antiga do chafariz de Praça da Matriz em Ibitinga
Queria viajar no tempo, para ver de perto como as obras de artes foram feitas..

sábado, 15 de agosto de 2015

Enriqueça-se!

Lance-se de improviso, ouse, invista na sua felicidade.
Seja autentico, brilhante, transparente e acima de tudo humilde
Honesto consigo mesmo e com os outros
Se for pra embriagar que seja de estímulos, 
Se for para matar que seja de amor
Se for para mentir que seja para evitar um grande mal 
Enriqueça-se de sorrisos, abraços e beijos
Esqueça -se de humilhar, xingar e odiar
Brilhe, traga luz a sua vida e aos que te cercam
Seja feliz com o pouco que achas que possues
Pois se estas vivo tu és afortunado
Muitos gostariam de estar no seu lugar agora... 


Cative sorrisos
Plante muitas árvores
Salte de asa delta
Veleje e pesque 
Suba na montanha mais alta e veja o nascer do sol!

Seja assim feito eu, 
Disfarce e sorri!
                                                                                    

                                                                      Gheni Elyzabette

Observe com carinho, logo poderá não existir mais. As árvores antigas na minha cidade são assassinadas todos os dias.



Já fui estrela, hoje não sou mais.
Restam apenas meu brilho e minha luz que vagam pelo espaço atravessando as galáxias sem saberem que eu já morri.

...continuo para todos os efeitos sendo uma estrela, não há como saber a diferença daqui de cima.
                                                         
                                                       Estrela!



quarta-feira, 12 de agosto de 2015

"Preziosa"



Vai ser lindo ver a noite estrelada do convéns do navio Preziosa.
Eu com uma taça de vinho nas mãos, sentido a maresia bater no meu rosto radiante em meio a tanta beleza... Vestida de gala para dançar a noite inteira em um dos imensos salões de festa. Festejarei a tão sonhada viagem, prometida a mim mesma há anos. Fecharei 2015 com chave de ouro!

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Aos Cuidados dos Curiosos

Posso sentir seus olhares de reprovação.
Eles querem que eu seja uma pessoa infeliz, pensam em como eu consigo seguir uma vida normal com os problemas familiares que tenho. Observam, julgam e tomam suas próprias conclusões.
Já me disseram que sou insensível, desumana, fria e calculista. 
Eu sigo o seguinte princípio, todos nós cometemos erros, uma vez é aceitável, na segunda pode ser um incidente, mas na terceira é simplesmente burrice mesmo. Então sigo essa lei em tudo na vida, no dia a dia corrido que levo ainda encontro tempo de me ocupar com coisas que me fazem bem, caminho, faço academia e nas horas vagas levo minha netinha aos parques da cidade. Sempre que posso viajo pelos menos umas seis vezes ao ano, sendo que uma delas passo as férias em algum lugar sossegado. Voltando ao assunto das pessoas que me observam, provavelmente eles devem imaginar como consigo fazer tudo isso com um filho com graves problemas.
Aos olhos que me observam eu respondo que é simples.
Nem eu nem ninguém pode a todo tempo proteger os filhos de tudo, quando são pequenos damos amor, atenção, educação, enfim tudo que criança precisa pra se desenvolver com saúde e equilíbrio mental, na adolescência as coisa começam à fugir do controle e depois quando menos imaginamos temos um outro no lugar daquele filho. E eu depois de muito sofrer com a delicada situação do meu filho que mesmo fazendo de tudo para ajudar e não conseguir melhora alguma, dei uma guinada de 360 graus e virei a mesa. Decidi primeiramente cuidar de mim, da minha saúde e depois pensar nos dilemas familiares. Não vou dizer que é fácil viver 24 horas por dia sendo analisada e vigiada, mas eu não ligo, em cidade pequena como a minha todos cuidam de sua vida antes de você. E usando a filosofia da vaca, desculpem a expressão interiorana " Eu estou cagando e andando pra todo mundo" nem ligo, se alguém achar que é fácil suportar os olhares de pessoas maldosas e cruéis de plantão que só sabem julgar, que juntem-se a eles pois vou continuar vivendo livremente apesar de tudo estar contra. Viajando, caminhando e indo na academia sempre que me der vontade e tenho outros projetos, pretendo ir para o exterior em breve e começar fazer aula de dança, como os curiosos de plantão podem notar eu vou muito bem obrigada...




segunda-feira, 10 de agosto de 2015


Caminhos que me levam a todos os lugares e lugar algum
A vida é cheia de mistérios, tantas idas e vindas e no fim retornei ao ponto de partida
Realmente a vida é um círculo, onde só acaba quando toda a volta for percorrida. 
Onde estará o fim e o começo se muitas vezes o começo é o fim...

...eu leio seus blogs, interessantes. Estou gostando bastante!

quinta-feira, 6 de agosto de 2015



Algumas coisas não precisam ser ditas, à partir do momento que se sabe.
Não estou aqui para julgar e nem tampouco descriminar, por mim cada um que viva como quiser...
Aceito todo tipo de sexualidade, e todas as tribos, gosto de diversificação. Cada qual se seja como quer ser.
Quanto a mim, a única coisa que me incomoda é me impor limites, não gosto que invadam meu espaço, prezo minha liberdade.

quarta-feira, 5 de agosto de 2015




Em resumo a vida se baseia em amor e ódio, esses dois sentimentos movem o mundo em todos os aspectos. 

                               Se amamos protegemos e se odiamos destruímos... 
                                           Bom dia...

Dia lindo, véspera de feriado, muito sol, do jeitinho que eu gosto!


terça-feira, 4 de agosto de 2015

Palavras

Ver a vida, as pessoas e as formas... É um detalhe.
Mas viver de bem com a vida, respeitando as pessoas, de todas formas, é um detalhe que faz toda a diferença.


segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Mas você não fala  
Não ouve e 
Não vê,
É sempre assim...

Coração é terra que ninguém vê!

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.                            

Sachei, mondei - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri. 

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei. 

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão 

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lajedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...






Eu sempre me bastei, nunca fui muito de amizades, gente demais à minha volta. 
Meu circulo de amigos é bem pequeno, digo quase inexistente. 
Digamos que eu seja um tanto anti-social. 
Sou quieta, porém gosto de dar bom dia e boa noite e sorrir para quem passe. 
Tirando isso sou meia altista mesmo, fico sossegada no meu canto e faço o que tenho que fazer. Trato cordialmente as pessoas e espero igual tratamento, tirando isso, acho que sou uma eremita moderna à procura de uma caverna.
Percebo que é quase impossível, felizmente ainda consigo bons momentos de solidão absoluta.
A natureza me completa, às vezes pareço mais árvore que gente.
Amar é sentir-se nas nuvens estando com os pés num desfiladeiro
É voar sem ter asas e gostar de sofrer por solidão
Amar é ser feliz todos os dias, mesmo que às vezes sem sentido
Se chora, se ri e se desfaz
Eu adoro amar você, " Vida "
Pelo que és, me dando um sentido maior e mais amplo do que vejo, 
eu te sigo, me guio e me completo em seu ser...
Mesmo longe te sinto pertinho aqui comigo posso sentir seu calor, seus beijos.

Bom dia meu "amor"


É questão de gosto não deixar-se aborrecer, sempre haverão pessoas com ausência de luz, que vivem à espalharem as sombras. Pouco sorriem e fazem questão de te deprimir diante dos outros. 
A essas pessoas só posso dizer uma coisa: Sorrio sempre e assim continuarei até o fim dos meus dias, por isso me cuido muito bem, para ter saúde e um lindo sorriso!
Bom dia...


domingo, 2 de agosto de 2015

"A viagem"




...toda beleza, toda paz de espírito encontro aqui,
me encontro, me reconheço e me dispo de todo mal
aqui sou apenas eu e meus pensamentos
caminho nas areias, sinto-as sob meus pés descalços
tudo aqui é tão simples e ao mesmo tempo grandioso
sinto a brisa leve me envolver, sinto o frio do seu abraço
e o calor do sol sobre mim, aquecendo ainda mais meu intenso corpo 
vendo esse mar tão lindo me fortaleço e volto ao ponto de partida
"A Casa"
Em uma relação aberta, o casal estabelece regras e limites pré estabelecidos, que caem por terra na primeira cena de ciúmes ou insegurança.
O diálogo é essencial nesses casos, que ao meu ver relação aberta ou cumplicidade do casal existe até o determinado momento que o outro se senti de lado e resolve acabar com a relação a três, que for porá fim também na própria união do casal. Muitas vezes os sentimentos fogem do controle, prejudicando a relação em si, acredito em liberdade sim, desde que os dois se sintam à vontade em mais dividir do que somar. 
A maioria das relações abertas são da boca pra fora, na prática é bem diferente do planejado. Como um jogo às vezes foge do controle.

sábado, 1 de agosto de 2015

Tantas coisas para falar, precisamos de um tempo pra nós.
Eu sei que você quase não tem, mas poderia arranjar, pelo menos um pouquinho e usar mais o celular.


Sou preciosa pra ele, jamais permitirá que parta sem lutar antes...
Não me vê feito uma joia, mas mobília permanente da casa dele. Se acostumou a me ver sempre aqui.
Sou como os passarinhos dele na gaiola.