sábado, 1 de agosto de 2015

Sou preciosa pra ele, jamais permitirá que parta sem lutar antes...
Não me vê feito uma joia, mas mobília permanente da casa dele. Se acostumou a me ver sempre aqui.
Sou como os passarinhos dele na gaiola.

Nenhum comentário: