sábado, 15 de agosto de 2015

Já fui estrela, hoje não sou mais.
Restam apenas meu brilho e minha luz que vagam pelo espaço atravessando as galáxias sem saberem que eu já morri.

...continuo para todos os efeitos sendo uma estrela, não há como saber a diferença daqui de cima.
                                                         
                                                       Estrela!



Nenhum comentário: