sexta-feira, 2 de outubro de 2015

No recanto de mim observo a frenética e desenfreada forma de viver dos que estão a minha frente, 
eles te pressa de conquistar. Serem os melhores, eu não, nunca pensei em ser o centro das coisas.

Sempre desejei fazer diferente e assim observo, gasto meu tempo em amar a natureza, minha mãe!

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!