segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Nem tudo faço que é certo
Nem tudo que vejo é correto
Nem tudo que faço é perfeito
Nem tudo que me cerca é honesto
Nem tudo que será um dia foi...

É preciso arrancar as máscaras!

Nenhum comentário: