terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A Jornada



Não me acompanhe...estou exausta e a fadiga toma conta de todo meu ser,
Pare, pense, tudo nos é contrário nesse instante... fui culpada e continuo sendo
Vou te arrastar comigo e não terás chances alguma de voltar para seu destino
Seguir me lhe trara medo, desventura e solidão...

Não penses que não te quero, até demais portanto...
Mas se iludir comigo lhe fará mais mal que bem,
Tem todo um futuro a tua espera, promessas, descobertas
Eu jamais espero coisa alguma de alguém...

Nenhum comentário:

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...