sábado, 14 de agosto de 2010

Primavera, Verão, Outono e Inverno

Quantas vezes ao me levantar, questionei-me o porquê de tanto sofrimento na minha vida e no mundo?
Engraçado, não é mesmo? Se sorrir e ser feliz é tão simples, fácil e barato. A angústia de dias e noites inteiras buscando a causa para as mais terríveis demonstrações de raiva e rancor. Falta-nos em cada um de nós um pouquinho de amor, somente uma gota já fará toda a diferença. Olharei meu semelhante com carinho, a cisma não escurecerá meus olhos. Rogo ao Criador, seja ele quem for, me dê a oportunidade de amar mais, acreditar no meu irmão, crêr nos direitos de cada indivíduo, respeitar as crenças...
Que cada decisão seja aceita por mim e pelos outros.
E que possa ter o direito de amar a vida com a mais pura ternura sem que pra isso me ponham adjetivos pejorativos.
Eu tenho um compromisso comigo mesma; ser feliz e nada mais.
Tudo nessa vida passa, a dor, o sofrimento, a mágoa, perdoe primeiramente e seja feliz.
Ninguém é perfeito...somos apenas iguais...temos um coração pulsante...o sangue jorra e a vida se perpetua...

Nenhum comentário: