terça-feira, 10 de janeiro de 2012

O mistério de um olhar...

Hoje pude olhar no fundo dos seus olhos, lá encontrei o mistério, algo que meu coração de pedra não conseguia distinguir. Coloquei vários obstáculos no nosso caminho, já não tenho mais desculpas. Se esgotaram os estoques de mentiras, é verdade. Enganei muita gente, principalmente a mim. Que ingenuamente achei que dar o melhor era o bastante. Não é, faltou-me autênticidade e diretriz. Caminhei durante muito tempo sem rumo certo. E depois que me jogaram um amontoado de pedras, com a alma sagrando me levantei e segui. E assim dando um passo de cada vez, não ambiciono nada grandioso. Só procuro um amor real, verdadeiro. Talvez eu não mereça, fui mesquinha com a vida e ela tá sabendo me retribuir em dobro. Não estou aqui tentando me justificar e muito menos me lamentar. É que na real não fomos verdadeiros, fui até o momento sorridente, falante e soberba, quando na realidade carregava uma tristeza latente que aumentou a medida que o desprezo de minha mãe aumentava. Que Deus cuide dela por mim!
Os caminhos que trilhei até aqui contribuíram para que fosse assim.
Atualmente me abstenho da vaidade, algo que desgastava e me fazia superficial demais. 
O que os outros acharão de mim já não importa, vivo em paz agora. Hoje sei o que é a paz que eu tanto procurava. 
Bastou-me a mais pura e simples verdade. Isso foi o que mudou o rumo da minha história.
Agora, mesmo dentro da tormenta  me sinto tranquila, sabendo que a única prioridade que tenho é nos fazer felizes... E vislumbrar a beleza do seu olhar.

 

Nenhum comentário:

Casamento da Minha Filha