domingo, 12 de fevereiro de 2012

Domingo no sitio de novo.



Hoje fui até o sitio no bairro da Santana, eita lugarzinho gostoso de passar as tardes de domingo. 
Lá brinco e rio feito criança, só não tive coragem ainda de andar à cavalo, O Tornado é meio chucro e da medo de chegar perto dele. Só dou uns afagos de longe e ele aceita balançando a crina.
De charrete eu ando sem medo, e é tanto solavanco que o coração parece saltar pela boca. 
Olho todo aquele verde, admiro os pássaros e espero que de repente  um gavião apareça. É meu pássaro preferido. 
Hoje, infelizmente não vi nenhum, está difícil ver um desses no campo. Na beira da estrada é bem mais fácil não sei porque. Em compensação vi uns papagaios comendo seriguelas e goiabas. 
Vi também um ninho feito numa parede de blocos pelos canários da terra, na foto ao lado os filhotes não aparecem, lá dentro estava escuro demais para a camera detectar. São quatro ao todo, empenadinhos de bico aberto esperando a mãe chegar com o lanchinho da tarde. 
Não me canso de ver tanta beleza, definitivamente a cidade não é meu lugar!
Obs: Os canários da terra fazem basicamente seus ninhos com grinas de cavalo enrolados, precisam ver que capricho!

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!