sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Supos que eu acreditava em tudo que me dizias? Enganou-se, hoje sei bem quem tu és... Não enrolou a mim e sim a si próprio. O que seria de um gato sem seu novelo de lã!

Nenhum comentário:

Escrever... Saber expressar-se de forma a ser compreendida. E de onde surgem minhas convicções? Como posso me dizer uma pessoa simples, ...