domingo, 24 de março de 2013

Não gosto do faz com seu corpo, este vicio que o impede de viver... de ser autêntico. Fui substituída por uma ponta, um baseado. Não era pra ser assim, sempre soube que você jamais faria a troca e que eu nunca suportaria a triste visão de te ver drogado. E mesmo assim a teu lado me sinto segura, entregaria minhas vida em suas mãos num piscar de olhos se precisasse.
Te amo...

Nenhum comentário: