domingo, 8 de dezembro de 2013

Mamãe que saudade!

Eu achava que a teria para sempre... Estava a todo tempo com pressa, ela convidava para um café, sentar ou conversar um pouco. Eu ficava uns 5 minutos contados, às vezes mais quando tinha que resolver algum problema, alias sou muito boa nisso. Infelizmente os problemas continuam e brotam como capim e minha querida mãe não está mais aqui. 
Agora é ela que não tem nem 5 segundos...


Nenhum comentário:

Escrever... Saber expressar-se de forma a ser compreendida. E de onde surgem minhas convicções? Como posso me dizer uma pessoa simples, ...