sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Não procuro respostas onde não hei de encontrar, talvez nunca as encontre.


Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.