quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Aos poucos, voltando a vida normal, se é que isso poderá ser possível com a ausência dela...
Me dói o simples fato de mencionar aos poucos amigos os detalhes do seu falecimento. 
Procuro não tocar mais no assunto, guardarei meus sentimentos, ninguém pode com partilhar comigo essa dor que sinto agora. Não dá pra expressar em palavras a perda de um ente querido "sua mãe"
É muito particular, hoje compreendo tudo, vejo melhor a situação e sinto ter perdido parte da minha alegria espontânea, no momento e por um longo período ainda pretendo me recolher e guardar meu luto. 
Ficarei ausente por um tempinho, lendo os posts dos amigos para me distrair vez em quando.

Um abraço bem apertado pra todos, com muito carinho...até breve!



Nenhum comentário:

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...