terça-feira, 6 de dezembro de 2016



Sou uma mulher graciosa,
adoro ser feminina,
confesso até demais.
Não fosse a paixão intensa por motos...


Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.