quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Sinto sua falta a cada segundo, queria tanto que estivesse aqui comigo. Te deixo livre, amar não inclui sofrimento e angústia, confesso que sofro... Se eu pudesse te prenderia junto a mim. Mais prefiro te perder a vê-lo triste. Apesar da tristeza lhe fazer companhia... Percebo seu sofrer, desejaria ser a pura felicidade. Mas não posso tudo e bem sabes!
 Meu grande amor da minha vida, não tenho vergonha de dizer...gritaria ao vento se ele me trouxe-se você, como eu gostaria que nossos destinos se cruzassem novamente.
Bom dia meu amor... minha vida!

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!