domingo, 10 de abril de 2011

As portas da vida


Elas estão lá, o tempo todo. Só esperando um simples gesto, o girar da maçaneta.
Nossos atos cotidianos bons ou ruins, determinam a porta a ser aberta...
Só depende de nós, qual delas se abrirá?
Deveria haver uma terceira porta.
Nem tudo se resumo em bom ou ruim, em bem e mal.

Nenhum comentário:

Me faltam as palavras para descrever o quão é go stoso cultivar as flores.