quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Sentido da vida.

As vezes me pergunto qual o sentido da vida, se na grande maioria das vezes é só sofrimento e angústia. 
Passei toda minha vida tentando, tentando e não consegui fazer algo que realmente valesse a pena, me sinto sem esperanças. 
Sei que pouca coisa mudará e isso me põe medo. Tenho receio de que aqui alguns anos eu olhe para trás e veja tudo que deu errado na minha vida. Fiz muita coisa boa, mas são insignificantes perto do que errei e continuo errando. 
Nada deu certo. Com pouca sorte, minha existência foi uma sequência de desfortúnios sem fim, por isso pouco sei sobre felicidade e embora eu viva, sinto que estou morta todos os dias...  A alegria se torna cada vez mais rara, eu que vivia com um sorriso estampado no rosto. Meu sorriso disfarçava toda minha tristeza

Nenhum comentário: