sexta-feira, 11 de novembro de 2011

 É como se minha vida fosse feito um papagaio que eu soltava, erguia e despicava quando queria. De repente por distração, deixei a linha escorrer por entre meus dedos e ela voou longe, corri atrás dela mas não pude alcançar...Hoje deve estar por aí servindo de brinquedo nas mãos de outra pessoa.

Nenhum comentário: