sexta-feira, 24 de abril de 2015

Não precisas de mim, não precisas de ninguém...
Quis te mostrar o arco-íris, você preferiu as sombras
Não posso lutar contra isso, adeus!

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!