domingo, 21 de fevereiro de 2016

Eu nasci de manhãzinha ouvindo os sons maravilhosos dessa terra, talvez venha daí meu amor pelo campos verdes do meu interior paulista.

Nenhum comentário:

"Cora Coralina"

Aninha e suas pedras (Poema de Cora Coralina) Não te deixes destruir…   Ajuntando novas pedras  e construindo novos poemas. Recria...