domingo, 26 de outubro de 2014

...seguir outro caminho.
Escolher uma nova estrada, não é tarefa das mais fáceis.
Primeiro há a escolha, depois a aceitação e aprovação.
Não sei se quero fazer isso, sou livre para escolher, mas não quero...
Então, mesmo que o caminho que trilho esteja tanto que perigoso, prefiro continuar.
Se fosse fácil não haveria valor algum, mesmo com a perda eminente não desistirei.
Valerá a pena cada segundo...

Nenhum comentário: