quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Preto e branco!

Eu amo foto em preto e branco, dá a impressão de nostalgia, antiga e degastada pelo tempo. 
Quando vejo uma imagem em branco e preto, minha imaginação viaja pelas características e nuances. 
Quando eu for viajar para as cidades históricas de Minas Gerais pretendo reverter a maioria das fotos para branco e preto.
 Acho que retrata bem mais a realidade local.
Todo aquele glamour barroquiano de suas igrejas ornadas à ouro, contradizendo todo o sofrimento dos escravos no mineiro de diamantes, que não lhes era permitido assistir as missas.
Notem que em lugar dito como santo deveria aceitar à todos. Mas infelizmente não era assim... 
 As únicas poses que terão cor e esse merecimento serão as fontes e nascentes.
 Que trouxe a esse povo mestiço a pureza de suas águas puras e cristalinas. 
Vocês devem estar se perguntando porque eu penso assim.
Imaginem um retrato frio e sem cor, notem, podemos adicionar cores e vida a essa imagem, mas se já tiver, nada mais poderemos modificar, senão dar ou não nossa aprovação.
O que quero dizer é que tudo que está em estado bruto, rústico, pode ser melhorado e novas idéias podem surgir de à partir disso. 
Eu vejo todas as coisas e circunstancias de forma otimista, no entanto é no primário de tudo que temos consciência das situações complexas. 
Se a maçã não fosse vermelha, ela não pareceria tão deliciosa...
Abuso da imaginação e valho disso para esmiuçar todas as possibilidades.


Boa noite!


Nenhum comentário:

Me faltam as palavras para descrever o quão é go stoso cultivar as flores.