terça-feira, 17 de maio de 2016

 Me disse adeus tantas vezes que nem consigo contar...
E cada um deles doeram muito.
Dói, mais cura.

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!