quarta-feira, 25 de maio de 2016

A vida segue por caminhos estranhos.
Que não consigo compreender.

Nenhum comentário: