quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Novo rumo, novos tempos

  ...agradeço por estar viva. 
O simples fato de poder caminhar e enxergar tanta beleza já me sinto satisfeita. Sim, eu procuro a felicidade e hei de encontrar...Dos momentos difícies fiz escadas para alcançar meus objetivos. Aprendi que nesta vida nada é definitivo e entre erros e acertos houve com certeza mais enganos, contudo não abro mão de melhorar sempre que possível.
Quero muito mais pra mim, tenho muitos sonhos para realizar, construir uma bela casa, ter um sitinho pra criar meus bichos... Bem, com esforço, moderação e um tantão de sorte consigo chegar lá.
Preciso ver o campo, os animais que tanto amo e lidar com a terra, ah! o cheiro da relva, só assim descarrego tudo de ruim, ponho pra fora tudo que é negativo...
Já to imaginando ver as galinhas no quintal e eu aparando a grama da frente da casa, admirando minha coleção de rosas. Pondo pães pra assar no forno à lenha, nossa gente já to viajando no pensamento, mas cá entre nós que dá saudade dos tempos da vovó isso dá.
 Vai um cafezinho torrado e moído na hora e uma fatia de pão fresquinho... eu sei fazer tudo isso e muito mais.
 Bom dia meus amigos e um beijo no coração de todos!

Nenhum comentário: