domingo, 23 de fevereiro de 2014

Me aproximarei com carinha de quem quer fazer arte... beijarei seu pescoço com mordidinhas carinhosas, sentirei esse seu cheiro fascinante de mato verde.
Te envolverei em meus braços feito o encantamento de uma sereia. 
Te hipnotizarei de prazer, te levarei para minhas profundezas lá conhecerá meus segredos, minhas fantasias. 
Possuirei esse corpo tão gostoso e desejado. 
Minha luxuria não tem fim nem limites...
Quero experimentar essa safra de vinho raro que é você... 

Nenhum comentário:

Tenho a alma de um Lírio... Se ele a tivesse!