domingo, 19 de janeiro de 2014

A vida feito um ninho...

Não sou uma mulher romântica, nem sei como se faz isso. Começo por onde? Elogiando, paparicando ou aquele olhar de "Ai preciso de você!" Gente que é isso, não consigo sair da armadura. Pra mim manifestação de carinho é praticamente um auto flagelo. Cenas de amor na novela, mulheres chorando, arrancando os cabelos por causa de seus homens, eu rio e acho tudo uma tremenda babaquice. Pra mim tudo isso é tão superficial, juras de amor que não duram um amanhecer ou uma aliança cara que não significa nada... Eu não sou assim, não preciso arder ou subir pelas paredes para demonstrar afeição. Poderia até ser mais explicita, mas não dá. Não faz parte da minha natureza, beijos e abraços a todo momento. Vez ou outra um cumprimento tudo bem, mas sempre...xi, nem pensar! 
Hoje passeando por uma chacrinha muito bonita me deparei com esse ninho de coleirinha, lindo...que perfeição! Me apaixonei pela cena, me derreti por aquele clima de amor no ar. Todo aquele cuidado, com os ovinhos. A cumplicidade dos parceiros, me encheram de emoção. 
A vida não emita a arte, discordo de quem diz que sim. Um homem deveria fazer isso por sua mulher, mas não faz. Hoje Somos nós mulheres que tomamos a frente em todos as coisas. Isso está errado, é ai que começam os sucessivos enganos, lastimáveis trocas e meros enganos.
Já a natureza não erra, é perfeita e sempre acha um meio... 

Nenhum comentário: