quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Chuvas!
Reconfortante para mim que estou doente, acho que dessa vez me deixei abater. Juntando com tudo isso culminou em uma gripe forte que vai e volta quando tem vontade.  A fraqueza que me obriga a me isolar, dar um tempo de tudo e me refazer aos poucos. Com a falta de energia faço minhas tarefas diárias aos poucos, sento, deito e levanto na medida que meu corpo suporta. 
Bem já escrevi demais, a chuva está caindo mansinha e gostosa lá fora e essa minha falta de ar que não passa. 
Preciso descansar...

Bom dia!

Nenhum comentário:

Me faltam as palavras para descrever o quão é go stoso cultivar as flores.