terça-feira, 8 de março de 2016

Não temos muito o que comemorar...



Todos os dias no pouco tempo que tenho, vejo o quanto é difícil a situação da mulher no geral. 
A luta diária pela igualdade, respeito e dignidade.
Somos constantemente submetidas a vários tipos de constrangimentos e abusos. 
É só lermos as manchetes policiais e lá estamos sendo estrupadas, violentadas e assassinadas em nome do amor de algum lunático. Basta vermos que esse dia no qual querem nos homenagear foi marcado pelo morte de 130 mulheres que trabalhavam e queriam um salário digno, horas justas e melhores condições de trabalho. Ao invés disso foram trancadas e queimadas vivas...
Porque temos que continuar sendo mártires de uma causa perdida.
Continuamos sendo alvo de atrocidades e misérias humanas, sem contar a condição das mulheres negras que estão sempre na escala máxima das pesquisas em casos de estupros e assassinatos e as piores condições de trabalho e salário.
Onde está a dignidade em tudo isso? O que estamos comemorando afinal?
Muitos estabelecimentos nos dão rosas vermelhas, para quê? Para engolirmos tudo que passamos todos os dias por essa sociedade machista que nos agridem para somente dizerem que podem?
Não, chegará um dia em que nós mulheres não teremos mais que muitas vezes sofrer caladas todo tipo de violência. Em que teremos melhores condições de sobrevivência e principalmente, uma vida em que a dignidade prevaleça acima de tudo.
Será um feliz dia internacional da mulher quando todas nós sermos tratadas como seres humanos e não como animais encurraladas em um curral.
Por favor guardem suas rosas, queremos respeito, nada mais.

Nenhum comentário: