segunda-feira, 12 de setembro de 2016


Não lamento por mim, não soube viver e nem dar valor.
Não sorri pra Lua quantas vezes?
Tive pressa de viver, corri, chorei tantas vezes?
Não senti o abraço do Sol e nem o brilho de um olhar tantas vezes?
Até que chega a vez de ser tarde e todos os calores calarem e gritarem tarde demais...

Resultado de imagem para belas imagens do horizonte


Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.