sexta-feira, 16 de setembro de 2016

 

Não tenho medo da vida e e nem da morte...
Oque me amedronta é um algum dia deixar de sorrir.




Nenhum comentário:

Escrever... Saber expressar-se de forma a ser compreendida. E de onde surgem minhas convicções? Como posso me dizer uma pessoa simples, ...