quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Porque será que tudo ao meu redor parece estranho às vezes?
Sei que sou uma pessoa incrédula demais, cética vez ou outra e andarinha, isso tenho que concordar. Perdi o amor a minha cidade, mas não nas pessoas.

Nenhum comentário: