terça-feira, 6 de janeiro de 2015


Se falo, ficas bravo.
Se calo, idem.
...então o que faço?

Se perto de você estivesse nesse momento,
Diria cala a boca e me beija!

Já esperei demais, não me custa mais um pouco.
Eu quero, nós queremos algo nosso. '' Um Lar"
Não se preocupe, estou apenas dando vazão as coisas ruins que em mim habitavam. 

...só será assim se você quiser. "Eu te pertenço" e você sabe disso.
Sempre soube, só eu não sabia.
Hoje sei perfeitamente, portanto não há mais porquês!



Nenhum comentário: