terça-feira, 10 de março de 2015

Dizem que o tempo cura todas as feridas, 
Chavões e ditos populares, normas pré estabelecidas, regras e leis.
De que adiantam tudo isso? Se na vida real o curso das coisas é bem diferente.
Basta de tudo isso, eu sou um ser único, não posso ser comparada com ninguém mais, nem pelo meus atos e muito menos pelo meu DNA.
Vou ser feliz hoje, o importante é o agora, nesse exato momento. 
Posso não ter muito, mas serei feliz um o pouco que tenho.

As janelas do meu tempo já viram muitas paisagens e haverão muitas outras...

Nenhum comentário: