sábado, 7 de março de 2015

O que tanto procuro não há em ninguém
o olhar 
o sorriso
o mistério
o desejo
o corpo
o coração
a franqueza 
a alma
não encontro em ninguém...

Ninguém, além de ti!
Lobo Mau dos meus sonhos, quem dera também da minha realidade.

Nenhum comentário: