sexta-feira, 26 de junho de 2015

...eu sou uma orquídea, simples, linda e frágil!
eu não notava, hoje percebo que o meu sentir provém de toda a indignação oriunda da inocência do meu ser!
Não gosto da maldade, sua amiga da natureza, do bem e da esperança. 
Vim a esse mundo para trazer alegria e compaixão aos que de mim se aproximam.
A vida é um todo e eu faço parte dele.

Tudo que faço me é prazeroso, se assim não for não ha de ser bom, minha vida é assim, uma fonte corrente de bons fluídos. 
Quando estou mal me recolho consigo mesma e recarrego as energias vitais. Não costumo falar nem sorrir, felizmente são raros esses momentos.

Orquídeas são especiais assim como eu, trazemos encanto ao nosso redor... 

Nenhum comentário: