quinta-feira, 18 de junho de 2015



Procurei identificar o brilho dos meus olhos em um lago profundo. Só pude ver meu rosto refletido em suas águas normas, então em um momento de insanidade pensei em pular.
Não pude, faltou-me coragem... 
Hoje não sou feliz,
Mas amanhã serei!

Farei uma fogueira e queimarei todos os meus fantasmas.  

Pronto, estão sepultados.
Vida nova agora, há muito a ser feito e pouco tempo me resta.

Nenhum comentário:

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...