quinta-feira, 20 de março de 2014

 Seriemas, porquinhos e cavalos...
Todos são criaturas e igualmente merecem respeito mutuo entre si. Cada qual no seu espaço determinado. Um não avança o limite do outro. 
Deveríamos ser igual aos animais, brigar somente para preservar seu território. Matar somente em caso de fome eminente.
É uma pena que entre as pessoas hajam tantas disputas e rivalidades. Ninguém ganha nada com isso. Pelo contrário, todos perdem. Prefiro viver em contato direto com a natureza e passar o amor que tenho pelos bichos. Eles sabem retribuir um carinho, sabem demonstrar amor!


Nenhum comentário: