sexta-feira, 28 de março de 2014


Quero sentir a brisa leve bater em meu rosto, o meu coração acelerar descompassado, chorar e sorrir na loucura do encontro de dois corpos sedentos de amor...
Sim é possível recomeçar, desde que eu esteja de corpo e alma, limpa, pura.
Despida de toda e qualquer vaidade e orgulho. 

Nenhum comentário: