quinta-feira, 27 de março de 2014

Tudo parado...sem sentido e sem nexo. 
Eta vidinha sem graça. 
Nada acontece, da até um certo receio. 
Bem que poderia ser tudo diferente...
Um cavalo e um pedaço de chão, e por lá tudo que há eu semearia...
Não faltaria mais nada, de lá sairia meu sustento...
Da terra!

Nenhum comentário: