sexta-feira, 4 de abril de 2014


Há dias que o silêncio grita em mim.
Nele, eu choro, eu oro, eu canto, eu ouço
até recomeçar pouco a pouco...


Nenhum comentário: