sábado, 5 de abril de 2014

Todos os dias abro as postagens do seu blog... Primeiro observo as imagens, lindas, simples e cheias de emoção. Tudo que mais gosto natureza, vida e bichos!
Leio e releio várias vezes na esperança de encontrar uma palavra ou uma imagem que se encaixe na minha realidade. Mas você vive em mundo bem particular... só seu. Não o julgo, no fundo acho certo, expressar  as emoções por vezes é difícil, como estou fazendo agora. Gosto de vasculhar, melhor dizendo garimpar os nuances da sua visão particular de vida. Você pode pensar qual meu interesse em ver seus blogs. Eu gosto de você e da forma como vê e observa as coisas, seu modo sempre critico de pensar me fascina, sempre tem algo a dizer...sempre. Só lamento não postar o quanto eu desejaria, isso me proporciona ver e ler através de seus olhos paisagens que eu já havia visto e outras por mim ainda desconhecidas. Sempre quis te dizer isso, mas sempre me faltou coragem entre nossas conversas... 
Desejo e peço a Deus que quando ficarmos bem velhinhos eu parta primeiro, não suportaria a ideia de nunca mais ouvir você pronunciar meu nome. -Oi Eugenia! 
Ficou surpreso? Pois é...você não me conhece, ou se conhece apenas um pouco do que dizem sobre mim.

Nenhum comentário:

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...