terça-feira, 15 de novembro de 2016


Não posso mais escrever de você, nem falar, sentir e tocar.
Porque você só existe na minha imaginação e nada mais. És um fantasma que me assombra dia e noite.
 Não posso te amar e nem desejar mais ninguém, porquê foi contigo que construí todos os meus sonhos.
Era feliz assim, sonhando e vivendo...
Mas acabou, não posso mais viver de sonhos.
Preciso de algo concreto, real.




Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.