quinta-feira, 10 de novembro de 2016

...mais uma vez, a minha casinha no campo, voltará para espaço onde guardo os meus sonhos.



Essa terra vermelha, estrada de chão batido.
Nessas terras cresci. 
Eu amo esse meu pedacinho de chão.

Nenhum comentário:

O mundo não sabe o que penso, isso é fato. Posto que para muitos nem existo...