domingo, 13 de novembro de 2016

O fruto proibido!

Que sabor será que tem a sua boca?
Mel, veneno?
Quem sabe.


Muita conversa e pouca ação, infelizmente.


Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.