terça-feira, 5 de julho de 2016

Ao se aproximar de uma curva sempre haverá uma surpresa.
Nunca se sabe o que se poderá encontrar.
O ponto de equilíbrio eu espero.


Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.