quarta-feira, 6 de julho de 2016


Podia sorrir mais, de verdade, sinceramente.
Sinto falta do seu sorriso.




Nenhum comentário:

...luto pelo que acredito, quando deixar de crer, morrerei.